• ContemPsico

Agressividade nas redes sociais

A agressividade é um impulso natural do ser humano e é importante em muitos momentos da vida, como nas tomadas de decisões, saber se colocar diante do outro, estabelecer limites. É uma forma de defesa que normalmente se manifesta quando a pessoa se sente ameaçada, ainda que essa ameaça seja subjetiva.

É muito comum vermos comentários na internet de pessoas tentando expor suas opiniões, porem a dificuldade em construir argumentos plausíveis, faz com que esses comentários se tornem agressivos.



O que está por trás desses comportamentos agressivos?


Em tese as redes sociais deveriam facilitar os relacionamentos interpessoais, porem o que percebemos é que nas relações virtuais o indivíduo tem grande dificuldade de personificar o outro, tornando muito difícil a manifestação da empatia. Podemos observar isso em alguns comentários em nossa página, em posts específicos, como por exemplo, famílias tóxicas, depressão, feminismo, entre outros. Enquanto muitos utilizam os comentários como forma de compartilhar suas vivencias ou expressar suas dores, outros rebatem de forma agressiva, tentando ao máximo humilhar e diminuir o outro.


Isso nos faz refletir, será que essa postura se dá por estarem nas redes sociais? Pela falta do contato físico com o outro? Será que estando frente a frente, essa pessoa reagiria dessa forma? Até que ponto essa pessoa que diminui a dor do outro, ofende, provoca, humilha, percebe que está de fato atingindo outro ser humano?


Estudiosos de relações interpessoais nas redes sociais citam alguns motivos que levam uma pessoa a se comportar de forma agressiva na internet. Como por exemplo;


* Pessoas que se sentem impotentes e tem a necessidade de diminuir o outro para ter a sensação de poder.


* Indivíduos que tem dificuldade de lidar com frustrações e reagem com agressividade ao mínimo sinal de posicionamento contrario a aquilo que ela acredita.


* Pessoas reprimidas, com dificuldade de posicionar-se de forma adequada no trabalho, em casa, com a família, amigos etc. Encontram na internet uma válvula de escape, como um lugar onde ela pode deslocar e despejar toda agressividade reprimida.


* Casos em que a pessoa já sofreu ou sofre algum tipo de violência.

Podemos dizer que, se nas suas relações pessoais nas redes sociais, você responde de uma forma agressiva, algo está errado, você precisa de ajuda.

Qual a influencia das famílias na forma do individuo se relacionar nas redes sociais?

É muito importante, que as famílias conversem com as suas crianças, quanto mais democrático forem esses diálogos, mais as crianças irão crescer sabendo dialogar sem agredir, ensinando a se impor sim, porem sempre respeitando o espaço e opinião do outro.


A família é um ensaio para as relações sociais futuras, quanto mais às famílias promoverem discussões saudáveis, que ensinem as crianças e adolescentes a pensarem e responderem criticamente, muito provavelmente a forma com que a criança se relaciona no âmbito familiar, se reproduzirá quando adulto na sociedade.

Qual a melhor postura quando se é agredido virtualmente?


Existem duas maneiras a se comportar diante um comentário agressivo dirigido a você.

Caso esteja bem emocionalmente, disposto e acredita que deve responder, responda de maneira educada, se colocando de uma forma a se personificar para o outro, mostrando que existe um ser humano atrás da tela, esse tipo de resposta, tende a desmontar o outro, fazendo com que ele se comporte de uma maneira mais cordial ou menos agressiva.


A segunda opção e mais indicada é não responder, pois quando respondemos esse tipo de comentário, damos vasão para que a pessoa despeje ali toda a agressividade dela que conforme já explicado, vem de outros setores da vida.


Quando respondemos esse tipo de agressão, além de nos colocarmos numa posição na qual nada nos acrescentará, também não ajudaremos o agressor, que precisa aprender a direcionar sua agressividade para o local correto.


Caso você use a internet como forma de descarregar as suas tensões, e tenha se identificado com o perfil de agressor, talvez seja a hora de refletir e buscar a causa desse comportamento, entender que é necessário direcionar essa agressividade para resolver o real problema. E o mais importante, procure um profissional para ajuda-lo.

39 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Curar